Stone Temple Pilots - 09/12/2010

Attention: open in a new window. PrintE-mail
Oito anos se passaram desde que o Stone Temple Pilots, uma das bandas mais clássicas de grunge,havia lançado seu último álbum, o bom Shagri-la Dee Da, em 2001. Aí na metade de 2009, a banda resolveu voltar para mais uma turnê, que culminou com o lançamento de Stone Temple Pilots, o sexto trabalho da banda, nas lojas em maio de 2010.

 

Nesse meio tempo, Scott Weiland teve nova recaída, acabou internado em uma clínica para viciados e, finalmente, resolvem vir ao Brasil, para uma das melhores apresentações do ano. Esta rápida turnê por terras brasileiras contou com Scott Weiland no vocal; Robert DeLeo no baixo; Dean DeLeo na guitarra e Eric Kretz na bateria, e serviu para divulgar o o albúm homônimo.

Com a casa quase lotada, muitos  fãs ainda entravam enquanto a banda soltava os primeiros acordes de Crackerman, com Scott Weiland usando megafone para cantar. Esse foi apenas o primeiro passo de um show recheado por hits da banda, fazendo com que os fãs pulassem e cantassem o tempo todo.

Mas, claro, novas músicas foram apresenadas.  Scott Weiland pediu cooperação dos fãs enquanto quando comentou que a banda tocaria uma canção do novo álbum, a faixa Between the Lines – seguida por Hickory Dichotomy, também do último trabalho do grupo. Para sua surpresa, todos ficaram em silêncio, até que começaram a cantar junto com o vocalista.  A partir daí, antigos sucessos e novas músicas foram sendo intercaladas, sem que o pique da apresentação caísse, ao contrário do que acontece com várias outras bandas.

E, pra quem pensa que fã não gosta dos hits que ainda tocam nas rádios, o público pedia insistentemente por Plush, talvez o maior sucesso do Stone Temple Pilots, e,  depois de bom tempo de show, com Weiland demonstrando estar mais a vontade, o vocalista pergunta: "qual é o nome da próxima música que vocês querem ouvir?. "Plush!!! Plush!!!  Plush!!!”, foi a resposta. O vocalista sorri e confirma o pedido. A casa vem abaixo, fãs cantando a plenos pulmões, chegando a abafar totalmente a voz de Weiland, que parou de cantar, abrindo espaço para o público soltar a voz”.

Depois da Plush o ritmo continuou bom, com a plateia mantendo-se animada até o final do show, deixando o quarteto impressionado com a recepção do público brasileiro. Com um sorriso de orelha a orelha, a banda agradece e deixa o palco. Nos fãs, era fácil perceber a satisfação em ter pago caro para assistir a uma apresentação do Stone Temple Pilots no Brasil. Pena que essa pode ter sido a primeira e última vez. E nos fãs era visível a satisfação de saber que o dinheiro, caro, dos ingressos havia sido bem gasto. Resta saber se o grupo sobreviverá a mais um ano, já que os problemas com drogas de Scott Weiland quase fizeram com que a banda acabasse antes da apresentação brasileira.

Setlist:
Crackerman
Wicked Garden
Vasoline
Heaven & Hotrods
Between the lines
Hickory Dichotomy
Still Remains
Cinnamon
Big Empty
Dancin Days
Silvergun Superman
Plush
Interstate Love Song
Huckleberry Crumble
Down
Sex Type Thing

Bis:
Dead & Bloated
Trippin'On a Hole In a Paper Heart

Mais fotos aqui

Fotos por Stephan Solon

Facebook

AGENDA

<<  April 2014  >>
 Mon  Tue  Wed  Thu  Fri  Sat  Sun 
   1  2  3  4  5  6
  7  8  910111213
14151617181920
21222324252627
282930    

NEWSLETTER

Deixe seu nome e e-mail para receber nossa newsletter.