Discos Essenciais

Written by Aroldo Glomb Sunday, 01 May 2005 21:00
Attention: open in a new window. PrintE-mail

 

Aquele estranho som logo no começo da primeira música, The Hanging Tree, já nos prepara para uma nova fase do Uriah Heep. Com a saída do vocalista original, David Byron, a banda apostou em John Lawton e, com isso, escreveram um capítulo mais sombrio, porém, tão criativo quanto os discos anteriores. Trevor Bolder assumiria os baixos, enquanto o resto do grupo permanecia mais firme do que nunca.

Read more: Uriah Heep - Firefly

 
Written by Aroldo Glomb Sunday, 01 May 2005 21:00
Attention: open in a new window. PrintE-mail
Absoluto! Obra prima da banda! Fantástico, simplesmente! David Covardale não era apenas mais um galã para as mulheres da época. O Whitesnake chegava, no final da década de setenta, ao LOVE HUNTER, mais afiado do que nunca esteve.

Read more: White Snake - Love Hunter

Written by Aroldo Glomb Thursday, 21 April 2005 21:00
Attention: open in a new window. PrintE-mail
Muitas vezes, a especulação faz parte da vida das bandas. Penso o que teria acontecido aos Beatles caso eles tivessem continuado após o Let It Be ou o que seria do Led Zeppelin se John Bonham não tivesse morrido. Aposto que o Aerosmith é a resposta destas perguntas. Eles são a prova viva de como uma banda acaba se encaixando no modismo FM, deixando de lado o brilhantismo de outrora. Rocks não tem nada a ver com o que a banda lançou nos anos oitenta e noventa. Back in the Saddle, que abre o disco, é seminal. Resultado da criatividade que imperava no cenário roqueiro dos anos setenta, a música agrada quem curte este estilo. Escutando apenas esta música, todo o preconceito existente sobre a banda cai por água abaixo.

Read more: Aerosmith – Rocks

Written by Aroldo Glomb Thursday, 21 April 2005 21:00
Attention: open in a new window. PrintE-mail
Quem não gosta de um belo e forte grupo com influência direta de blues? E se a banda se chamar FOGHAT e tiver Lonesome Dave Peverett como guitarrista e vocalista então? Ao lado de Mountain, Ten Years After e Lynyrd Skynyrd, o FOGHAT é a expressão máxima deste estilo de rock. Um som que sofreu um pouco de preconceito por parte da gurizada mais nova, sabe-se lá por que.

Read more: Foghat - Fool for the Cit

Written by Aroldo Glomb Thursday, 21 April 2005 21:00
Attention: open in a new window. PrintE-mail

 

O que dizer deles? Como explica-los? Não é fácil, principalmente neste disco tão complexo em sua primeira parte e tão diversificado na outra. O trio canadense já havia proporcionado músicas longas, mas aqui existe a mais perfeita delas. Cygnus X-1 Book II, Hemispheres. Quase vinte minutos, onde eles parecem brincar com sues instrumento.

 

Read more: Rush - Hemispheres

Page 9 of 11

Facebook

AGENDA

<<  April 2014  >>
 Mon  Tue  Wed  Thu  Fri  Sat  Sun 
   1  2  3  4  5  6
  7  8  910111213
14151617181920
21222324252627
282930    

NEWSLETTER

Deixe seu nome e e-mail para receber nossa newsletter.