Zer0 - Obra Completa

Attention: open in a new window. PrintE-mail
Sei que não é um trabalho novo, trata-se de um relançamento de LP´s saídos nos anos 80, mas merece destaque devido ao trabalho feito pela banda, e que era totalmente rechaçado pela crítica ´especializada´ da época. Estou falando do CD Obra Completa que trás os dois primeiros trabalhos do ZERO.

O primeiro disco, Passos no Escuro - que na época foi chamado de mini-LP - vinha com seis músicas entre elas Agora eu Sei, que é o maior sucesso deles até hoje, e já foi regravada por outros artistas. O segundo é o álbum Carne Humana, este sim um LP normal e que, graças à belas músicas com Quimeras e A Luta e o Prazer, vendeu muito bem, levando a banda a abrir os shows de Tina Turner no Brasil. Por problemas internos o ZERO se desfez logo depois do lançamento deste disco, quando estava no auge, mas ao contrário de várias outras bandas, por ter um som muito mais pop, ironicamente, acabou limado da programação das rádios.

Agora, com grande demora em relação à outros lançamentos, a EMI, finalmente, remasterizou estes dois primeiros discos e botou no mercado um produto que muitos fãs pediam. A gana era tanta que alguns sites vendiam CD´s com o material dos discos tirado diretamente dos LP´s, este pessoal vendeu bem, até porque, a gravadora parecia não estar interessada em relançar em CD as músicas do ZERO.

De todas as bandas do rock nacional o ZERO era a que mais chegava perto dos New Romantics, bandas como Spandau Ballet e Duran Duran, com uso de sintetizadores, letras mais românticas do que de protesto e visual caprichado - em contraste com as bandas que se baseavam no pós punk como Ira, Plebe Rude, e até mesmo Capital Inicial e Legião Urbana no começo. Juntando a tudo isso um vocal muito bem feito, que lembrava (e lembra) as vezes David Bowie e Brian Ferry. Esse era o diferencial do ZERO em relação às outras bandas.

Dos dois LP´s, que originaram este Obra Completa, considero o Passos no Escuro, mesmo com menos músicas, melhor que o Carne Humana. Mas é uma escolha difícil já que este último trás Algum Vício, Quimeras e a Luta e o Prazer, músicas que, na minha humilde opinião, são perfeitas já que contam com boas letras, ótimos arranjos e vocal bem colocado e contagiante. Além destas, o Carne Humana vem com a bela canção Linha da Vida, uma linda declaração a um amor perdido e que merecia destaque maior na época do lançamento do disco - para o meu azar a cópia que eu tinha deste LP veio, justamente, com esta faixa riscada, e não consegui trocar. Mas o resto do Carne Humana, mesmo tendo boas músicas, era um tanto pra baixo, ao contrário de Passos no Escuro que era quase totalmente dançavel e ainda mostrava um ZERO ligado ao technopop.

Obra Completa é um trabalho totalmente voltado para os fãs e apenas 3 mil cópias foram lançadas. O lado ruim é que mesmo que todas sejam vendidas, dificilmente uma nova fornada será feita e muitos fãs ficarão chupando o dedo. Pior, como o número de cópias é baixo, muitas lojas e regiões do país não irão receber o disco. Como exemplo temos vários outros títulos remasterizados, como Luni, Scowa e a Máfia, Metrô, etc, etc. que dificilmente são encontrados em alguma loja, seja ela pela net ou não. Fazer o quê. Sabemos que existe mercado para estes relançamentos, mas tudo depende de um mínimo de divulgação, coisa que não é feita.

O único porém deste lançamento é que a cópia é protegida, e pode não funcionar no seu micro, aparelho de som ou CD Player. No meu caso não rola no CD player do carro, que é justamente onde mais ouço CD´s, mas, mesmo se dizendo protegida contra gravações, eu consegui fazer o meu cdzinho pra curtir no carro. Devolver o original? Impensável.

Pena que Heróis e 100% Paixão, que sairam em um compacto pela CBS, hoje Sony Music, não foram liberadas para entrar no relançamento.

Facebook

AGENDA

<<  April 2014  >>
 Mon  Tue  Wed  Thu  Fri  Sat  Sun 
   1  2  3  4  5  6
  7  8  910111213
14151617181920
21222324252627
282930    

NEWSLETTER

Deixe seu nome e e-mail para receber nossa newsletter.