Thursday Oct 23

Television

Attention: open in a new window. PrintE-mail

 

divulgaçãoNo começo dos anos 70, o Television se chamava The Neon Boys e tinha entre seus integrantes o próprio Tom Verlaine nos vocais e guitarra, Billy Ficca na bateria e Richard Hell no baixo. No final de 1973 mudam o nome e chamam um novo guitarrista, Richard Lloyd. No mesmo ano tocam com a nova formação, e o novo nome, pela primeira vez no CBGB, clássica casa de rock de Nova York. Logo começam a criar uma boa base de fãs e com isso Verlaine conseguiu convencer os donos do CBGB em contratarem o Television como uma das bandas regulares da casa. Ainda em 1973, Verlaine toca com Patti Smith em seu primeiro single, Hey Joe/Piss Factory. Smith, junto com o guitarrista, ainda escreveram um livro de poesias.

Dois anos depois a banda grava uma demo para a Island Records, com produção de Brian Eno, mas a gravadora resolve não assinar com o grupo. Richard Hell resolve sair do Television logo depois da gravação do demo e monta, junto com Johnny Thunders (New York Dools) o The Heartbreakers. Mais pra frente, ainda em 1975, sai em carreira solo e lança Blank Generation (1997). Hell é substituído por Fred Smith, ex-baixista do Blondie e o Television, e gravam Little Johnny Jewel, lançado pelo selo da própria banda. Little Johnny Jewel se transforma no primeiro sucesso do grupo e também em hit underground, atraindo a atenção de grandes gravadoras. No ano seguinte lançam um EP pelo selo inglês Stiff Records e assinam com a Elektra Records, por onde lançariam o primeiro álbum.

Marquee Moon, o primeiro disco do Television, chegou às lojas em 1977 e foi recebido com entusiasmo pela crítica musical. O álbum vende bem na Inglaterra, chegando ao posto de número 28 das paradas inglesas. Os singles Prove It e Foxhole também se dão bem, entrando no Top 40. Já nos Estados Unidos o trabalho não atrai tanta gente. Ainda em 1977, o Television sai em turnê com o Blondie, abrindo os shows da banda de Debbie Harry, mas as apresentações não ajudam a banda em quase nada.

Em 1978 lançam o segundo álbum, Adventure. O disco consegue vender menos ainda que Marquee Moon nos Estados Unidos. Já na Inglaterra entra no Top 10. Poucos meses depois o grupo se separa. Smith volta para o Blondie, Tom Verlaine e Richard Lloyd saem em carreira solo; Lloyd também toca com John Doe e toca no álbum Girlfriend, De Matthew Sweet.

Passam-se 14 anos e o grupo é reformado em 1991. Assinam com a Capitol Records. O ´novo´ Television é convidado para se apresentar no Festival de Glastonbury em 1992 e poucos meses depois lançam o novo trabalho, chamado apenas de Television. O disco recebe boas críticas, mas a turnê de retorno dura apenas uns poucos shows e o grupo separa-se, novamente, em 1993.

Outros oito anos se passam até que a banda resolve voltar para uma série de shows no Reino Unido. Desde então a banda vem fazendo shows esporádicos pela Europa e Estados Unidos. Agora, em outubro de 2005, se apresentam pela primeira vez no Brasil, com shows no Rio de Janeiro e São Paulo no TIM Festival.

Por Valdir Antonelli 

Facebook

AGENDA

<<  October 2014  >>
 Mon  Tue  Wed  Thu  Fri  Sat  Sun 
    1  2  3  4  5
  6  7  8  9101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

NEWSLETTER

Deixe seu nome e e-mail para receber nossa newsletter.