Sunday Oct 26

Sisters of Mercy

Attention: open in a new window. PrintE-mail

divulgaçãoComo o compacto não rendeu o que esperavam, no ano seguinte eles resolvem começar novamente, mas com algumas mudanças. Andrew passa a se dedicar totalmente aos vocais - no compacto lançado anteriormente, ele dava uma de baterista, péssimo segundo ele mesmo -, Gary assume as guitarras e Craig Adams é convidado para assumir o posto de baixista da banda. Sem baterista assumem como quarto membro a Doktor Avalanche, bateria eletrônica que virou marca registrada do grupo. Em fevereiro deste mesmo ano, 1981, já com esta nova formação, o Sisters fazem a sua estréia nos palcos. De acordo com a biografia oficial no site da banda, foi um misto de Stooges com Suicide ou então, Motorhead com Chrome, com Andrews usando um echo com overdrive durante o seu vocal. O set lista deste show memorável pra quem estava presente contou com a cover para a música Teachers de Leonard Cohen e Silver Machine, na verdade Sister Ray. A apresentação foi um sucesso e após isso a banda começa a refinar mais o som, tirando um pouco o barulho e chamam Ben Gunn para ser o segundo guitarrista.

Em 82 sai o segundo single do grupo, com Body Electric e Adrenochrome, que foi considerado o single da semana pelo semanário Melody Maker, por incrível que pareça, este foi o único single do Sisters que foi considerado o melhor da semana. A grupo passou a fazer shows esporádicos em Londres e chamou Tony James, então do Generation X - e que depois, alguns anos a frente entrou realmente na banda -, para fazer parte do grupo, sendo que o convite foi recusado. O grupo então grava uma sessão para um programa da BBC e sai em turnê com o Psychedelic Furs. Em novembro mais um single, agora com Alice e Floorshow. Com estes singles a banda demarca o caminho que iria seguir e passa a dominar as paradas independentes como nenhuma outra havia feito até então.

No ano seguinte o Sisters continua em turnê brindando os fãs com uma série de covers como Gimme Shelter dos Stones - numa versão de arrepiar -, Jolene da musa country Dolly Parton e Emma do Hot Chocolate, estas músicas são são caçadas pelos fãs com avidez até hoje. Gravam uma nova apresentação para a BBC e lançam um LP12 Polegadas com Alice, Floorshow, Phanton e 1969, esta última uma matadora versão para a música dos Stooges, este LP foi também o primeiro a ser lançado nos Estados Unidos. Em maio lançam o primeiro EP, The Reptile House, com Kiss the Carpet, Lights Valentine, Fix, Burn, Kiss the Carpet novamente. Já com uma bagagem musical respeitável saem para uma pequena turnê pela Europa e também para algumas apresentações nos Estados Unidos, as últimas de Gen Gunn, logo depois dos primeiros shows europeus resolvem se aventurar pela primeira vez em um estúdio com 24 canais. Desta trip sai mais um single com a clássica Temple of Love e com Heartland e Gimme Shelter no lado B. Este foi o último single lançado de forma independente pela banda que no ano seguinte assina com a WEA.

No fim da turnê pelos Estados Unidos, Gunn sai da banda, em seu lugar é recrutado Wayne Hussey, que até então tocava com o Dead or Alive. Antes de iniciar uma nova tour pelo Reino Unido, a banda anuncia que assinou contrato com a major WEA e lançam um single com quatro músicas, entre elas Body Electric que foi regravada. Gravam também mais um especial para a BBC já apresentando algumas músicas que entrariam no futuro primeiro álbum. Com a entrada de Wayne o som da banda da uma leve mudada, já que o guitarrista inclui sua guitarra de 12 cordas nos arranjos das músicas. Depois do lançamento do primeiro single pela WEA a banda passa a se dedicar exaustivamente às gravações do álbum completo, com o detalhe de que não pararam de fazer shows. É neste meio tempo que sai o segundo single com Walk Away, Poison Door e On the Wire.

Mesmo gravando sem parar, já que o Eldritch é extremamente detalhista, entra o ano de 85 e nada do primeiro disco do Sisters of Mercy, no lugar sai o terceiro single com No Time to Cry. Finalmente em março é lançado o tão esperado álbum, First and Last and Always. Antes do final da turnê o guitarrista Gary Marx abandona o grupo, que passa a se apresentar como um trio. Logo depois em julho a banda termina sua tour com um show no London´s Royal Albert Hall que resultou no vídeo Wake. O Sister voltaria a tocar ao vivo novamente apenas cinco anos depois deste último show. No ano seguinte, graças a desavenças pessoais, Wayne Hussey e Craig Adams saem da banda. Os problemas que levaram à saída dos dois, foram relativos ao novo material que estavam criando para o que seria o segundo disco do Sister, algumas músicas que Wayne queria colocar não foram aceitas por Eldritch. A separação, que a principio foi amigável, logo deixou de ser. Wayne e Adams chegaram a anunciar o nome de sua nova banda, Sisterhood, mas Eldritch foi mais rápido e gravou um álbum com este nome, o que inviabilizou o projeto da dupla desertora, que logo depois veio com o The Mission. No disco Eldritch não canta, os vocais ficam à cargo de James Ray do James Ray and The Performance, que gravava pela Merciful Release, além de James participam do Sisterhood os músicos Lucas Fox (primeiro baterista do Motorhead), Alana Vega (Suicide) e a Patricia Morrison.

Em 87, dois anos depois da estréia pela WEA, finalmente o Sisters mostra a sua cara novamente, é lançado o single de This Corrosion, com as maravilhosas Torch e Colours no lado B. Este single conseguiu chegar ao primeiro posto da parada de rock alternativo dos Estados Unidos sem ter contado com o apoio da gravadora. This Corrosion vem com uma nova formação para a banda, e que seria mantida até o lançamento do segundo disco, Patricia Morrison é recrutada para assumir o baixo. Em novembro sai Floodland, que vem com outras mudanças, além da formação, enquanto no primeiro disco o destaque ia para as guitarras, neste o teclado mostra a sua força em sons carregados de experimentalismos de Andrew Eldritch.

Mesmo com um novo disco a banda continua sem se apresentar ao vivo, o que é um tanto engraçado, quando vemos que o Sisters é uma das bandas mais pirateadas de todos os tempos. Todos os seus shows contam com uma versão pirata que você encontra facilmente pela internet. No lugar disso, continuam com a fabrica de singles, apenas em 88 saem mais dois, o primeiro com Dominion e o segundo com Lucretia My Reflection. Em 89 lançam uma pequena compilação com quatro video-clipes com os single já lançados do álbum Floodland e com um bônus, 1959, que foi feito durante as gravações do clipe de Lucretia.... 1959, foi o primeiro video que contou com a direção de Eldritch que voltaria a dirigir outros vídeos da banda.

No ano seguinte novas mudanças na banda, entra o guitarrista Andreas Bruhn, que junto com Andrew começa a escrever novas músicas para o terceiro disco. Tony James, que anos antes havia recusado o convite para tocar com o Sisters, agora aceita o posto e pega o lugar de Patricia e junto com ele outro guitarrista, Tim Bricheno, que foi chamado de última hora – Bricheno havia sido convidado por Wayne Hussey para tocar no Mission, mas preferiu se juntar ao Sisters -, completam o cast. Com esta formação Vision Thing, o terceiro álbum do Sisters of Mercy é lançado. Este disco é uma total mudança nos rumos do grupo, a volta das guitarras pesadas acabam transformando o Sisters numa quase banda heavy. Para a surpresa, e alegria, de todos eles voltam a fazer shows ao vivo, primeiro com uma aparição surpresa na Irlanda, depois com shows totalmente lotados no Brasil e por fim uma nova turnê européia que contou com dois shows no London´s Wembley Arena.

Em 91 eles continuam com a turnê, indo agora para o leste europeu e lançando mais um single - When You Don´t See Me - e partem para uma mini-turnê pela America do Norte. O primeiro show seria em Ontario no Canadá e todos os ingressos foram vendidos em apenas duas horas. Na volta para a Europa mais shows na Polonia, Hungria e Alemanha. Neste ano ainda o Sisters voltariam aos Estados Unidos para uma serie de shows que contou com as bandas Warrior Soul, Gang of Four e Public Enemy abrindo os espetáculos. Com a divulgação das bandas alguns promotores de shows americanos acharam que a mistura de estilos poderia transformar cada apresentação em algo muito perigoso, a coisa chegou em um ponto que um show em Detroit foi cancelado pelas autoridades, mesmo estando com todas as entradas já vendidas. Ainda em 91 eles fazem várias apresentações em festivais europeus como o Reading Festival e o Rock Am Ring. No final da extensa turnê Tony James resolve sair.

Em maio de 92 é lançada a primeira coletânea oficial da banda, Some Girls Wander by Mistake, contando com a regravação de Temple of Love que contou com a participação da cantora israelense Ofra Haza. O single de Temple of Love (1992) se tornou o primeiro grande hit mundial do Sisters. Novamente eles saem tocando em vários festivais que acontecem no verão europeu, além de alguns shows com o Depeche Mode. Já em 93 outra compilação, agora chamada de Greatest Hits, A Slight Case of Overbombing. Deste Greatest Hits, o primeiro single, com novo guitarrista Adam Person, contou com Under the Gun e Alice e chegou rapidamente ao top ten britânico. Relançam também a compilação em video, que havia saído em 88, e que agora contava com os clipes dos singles lançados de Vision Thing. Para terminar o ano tocam com os Ramones na Alemanha. E novamente ficam em silêncio.

No ano seguinte começam os problemas entre Andrew Eldritch e a gravadora WEA que tinha os direitos de mais um disco com o Sisters. Como a WEA e Eldritch não se entendem, nada é lançado. Em 95 ele passa a remixar algumas gravações de música eletrônica e alguns rumores de que lançariam um disco de Trance Music aparecem na imprensa. Outro ano se passa e nada de acordo entre ele e a gravadora, mas a banda continua na ativa, Chris Seehan volta ao grupo e o Sisters tocam novamente em vários festivais europeus, coisa que continua em 97. Neste ano a banda retorna aos Estados Unidos, a primeira desde os shows com o Public Enemy. No final deste ano a WEA rompe definitivamente com Eldritch e Sheehan resolve sair novamente do grupo, entrando em seu lugar Mike Varjak.

Em 98 a East West, subsidiária da WEA na Inglaterra tenta de todas as formas lançar o álbum SSV, comprado no ano anterior, como um álbum oficial do Sisters of Mercy. Este disco contem apenas alguns trechos sampleados da voz de Andrew Eldritch e nada mais, não é considerado um disco do Sisters e nem conta em sua discografia oficial. Com isso Eldritch, que já havia sido dispensado da WEA, fica livre pra negociar com qualquer outra gravadora. Para festejar a banda cai na estrada novamente. Mais uma série de aparições em festivais na Europa e América do Norte.

Entra 99 e nada de disco novo da banda, no lugar disso, já no segundo semestre, novos shows em festivais, coisa que se repete em 2000. Neste ano eles ainda tocam na Inglaterra e Espanha, e é só. Mais um ano, agora estamos em 2001 e a rotina é a mesma, festivais pela Alemanha, Suécia e Bélgica, no final do ano retornam à Inglaterra para tentarem gravar um novo disco.

Em 2002 Chris Sheehan, já de volta à banda, lança em DVD algumas apresentações ao vivo do Sisters. Mais uma vez são o destaque em festivais na Alemanha, Suiça e bélgica e saem em turnê pela Europa na primavera. No momento a banda pensa se vai gravar novo disco ou não, mas promete lançar algum material inédito em gravações ao vivo. O certo é que a partir de março a banda volta a se apresentar em festivais pela Europa.

A banda continua se apresentando esporadicamente em grandes festivas durante os próximos anos.

Comemorando os 25 anos do grupo, Andrew Eldricht sai com a banda para uma turnê mundial que passa pelo Brasil nos dias 19 e 29 de maio, com shows em São Paulo e Rio de Janeiro.

A formação que vem ao Brasil inclui Andrew Eldritch (vocal), Chris May (guitarra), Ben Christodoulou (guitarra), Simon Denbigh (teclados) e Doktor Avalanche (bateria).

Por Valdir Antonelli
Agradecemos a Cláudio Borges pelas complementações

Facebook

AGENDA

<<  October 2014  >>
 Mon  Tue  Wed  Thu  Fri  Sat  Sun 
    1  2  3  4  5
  6  7  8  9101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

NEWSLETTER

Deixe seu nome e e-mail para receber nossa newsletter.