Friday Aug 22

James

Attention: open in a new window. PrintE-mail

James - divulgaçãoFormado em 1982 por Paul Gilbertson (guitarra), Jim Glennie (baixo) e Gavan Whelan (bateria) conheceram o vocalista Tim Booth na Universidade de Manchester e o convidaram para a banda. Durante todo este ano, o grupo passou a se apresentar regularmente em clubes locais e em 1983 assinaram com o selo Factory, pelo qual lançaram seu primeiro EP, Jimone, no mesmo ano.

Somente dois anos depois a banda lança um novo trabalho, o EP James II, e Morrissey declarou seu amor pela banda publicamente, chegando a convida-los para abrir shows dos Smiths. Ainda em 1985, Gilbertson deixa o grupo e em seu lugar é chamado Larry Gott. Com a nova formação, o James assina com a Sire Records e passa a trabalhar com o produtor Lenny Kaye. Com Kaye gravam Stutter, lançado em 1986 e razoavelmente bem recebido pela crítica e público. O ´sucesso´ faz com que o grupo construa uma boa base de fãs e, com isso, lançam Strip-Mine, seu segundo álbum em 1988. Strip-Mine não repete o sucesso do álbum de estréia e o grupo deixa a Sire para assinar com a Rough Trade.

Voltando ao mundo independente, o James consegue chamar atenção ao lançar o single de Sit Down e o disco ao vivo One Man Clapping em 1989, que chegou ao primeiro lugar da parada independente inglesa. No ano seguinte mais mudanças na formação da banda, o baterista David Baynton-Power entra no lugar de Gavan Whelan, e o grupo passa a ser um septeto, com a adição do tecladista Mark Hunter, do violinista Saul Davies e do trompetista Andy Diagram. Neste mesmo ano deixam a Rough Trade e assinam com a Fontana Records.

Na nova gravadora lançam Gold Mother que, lentamente, começa a vender bem, principalmente devido à nova versão de Sit Down, mais conectada ao que outras bandas estavam fazendo na época. Sit Down chegou ao segundo posto da parada inglesa e foi destaque em diversas rádios rock norte-americanas. O sucesso fez o grupo perder o rumo ao vivo, já que se negava a apresentar suas antigas músicas, dedicando-se apenas às faixas de Gold Mother e Seven, disco que sairia no ano seguinte.

Seven foi lançado com a difícil tarefa de manter o sucesso do trabalho anterior, para isso o James se arrisca em criar canções mais ambiciosas, usando o trabalho do trompetista Andy Diagram - que chamam a atenção em Born of Frustration e Sound - de forma mais profunda, mas sem abandonar o lado dançante e folk de Gold Mother, ainda assim, as mudanças não foram bem aceitas por parte dos fãs e, antes do começo da produção do disco seguinte, Diagram resolve deixar o grupo.

Em Laid, o James começa a trabalhar com Brian Eno e o resultado é um disco mais tranqüilo, ao mesmo tempo que se mostra ainda mais exigente que Seven, mas, apesar das ótimas críticas, o disco é totalmente ignorado no Reino Unido. Do outro lado do Atlântico, porém, a faixa título se transforma em sucesso nas rádios alternativas. Durante as gravações de Laid, a banda ainda grava um outro disco, extremamente experimental, lançado em 1994 com o nome de Wah Wah. O novo trabalho recebe críticas variadas e o grupo resolve que é hora de parar, principalmente depois da saída do guitarrista Gott.

Com o fim do grupo, Tim Booth lança, em 1996, o álbum Booth and the Bad Angel, gravado em colaboração com o compositor Angelo Badalamenti.

Em 1997 o James ressuscita com a entrada do guitarrista Adrian Oxaal e lança o fraco Whiplash, numa tentativa de voltar aos tempos de Gold Mother, mas acabou por lembrar Oasis e Suede. Agradou aos fãs, mas não conseguiu chamar a atenção de mais ninguém. Oxaal dura pouco no grupo e, durante a gravação de Millionaires um novo guitarrista, Michael Kulas, começa a trabalhar com o grupo. Millionaires é lançado apenas no Reino Unido.

Outro disco lançado apenas no Reino Unido é Pleased to Meet You, considerado o melhor trabalho da carreira do James. Com críticas favoráveis, mas sem retorno do público, Tim Booth resolve deixar a banda. Os integrantes remanescentes ainda tentam manter o grupo, mas ao final da turnê de lançamento do trabalho a banda se separa novamente.

O grupo retorna, totalmente reformado, em 2007 para uma nova turnê e lançam a coletânea dupla Fresh as a Daisy: The Singles.

O grupo, atualmente, está em estúdio gravando um novo disco, que deverá chegar às lojas em abril de 2008.

Clique aqui para assistir outros vídeos do James.

Por Valdir Antonelli, com informações da All Music Guide

Facebook

AGENDA

<<  August 2014  >>
 Mon  Tue  Wed  Thu  Fri  Sat  Sun 
      1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

NEWSLETTER

Deixe seu nome e e-mail para receber nossa newsletter.